Quantas aulas pra sair do nível intermediário de inglês?

Se você nunca se perguntou isso, parabéns: você está fora dos mais de 90% dos brasileiros que estão ou acreditam estar nesse nível do idioma.

By PRISCILA LEITCH

A maioria das pessoas que me procuram para aprender ou melhorar o idioma tendem a dizer que o seu inglês é de nível intermediário (ou abaixo).

Mas o que será que as fez pensar que estão no nível intermediário?

E quantas horas de aulas são preciso para alcançar não só este nível, mas a fluência no idioma?

É comum escolas associarem um número de horas com o algum nível. Para que o aluno tenha a impressão de estar progredindo, elas criaram muitos níveis, com diferentes nomes, diminuindo a quantidade de horas a serem estudadas em cada um e a percepção de duração tende a diminuir. Assim, é possível ‘subir de nível’ a cada um ano, com uma média de 2 aulas semanais (uma média de 94 horas por ano).

Segundo o Quadro Europeu Comum de Referência para línguas (que serve para medir o nível de compreensão e expressão oral e escrita num determinado idioma), existe “apenas” 6 níveis. E a quantidade de horas¹ a ser estudada em cada um é… considerável:

A1 – iniciante: até 170 horas

A2 – pré-intermediário:  180–200 horas

B1 – intermediário: 350-400 horas

B2 – intermediário-alto: 500-600 horas

C1 – avançado: 700-800 horas

C2 – fluente:1000-1200

¹Horas cumulativas de estudo para atingir o nível, segundo a Cambridge Assessment English.

Façamos uma “conta de padeiro”:

Se um ano tem uma média de 46 semanas úteis, estudando 2 vezes por semana regularmente, alcançaremos o nível intermediário, de acordo com a tabela acima, em aproximadamente 4 anos. A fluência, em 11 anos. Isso, novamente, em um curso regular, sem longas pausas.

 

11 anos estudando inglês para ser fluente?!

Não, não é “só isso”. Mas a vida toda!

Engana-se quem acha que pode aprender o idioma na sua totalidade estudando apenas por alguns anos, na busca pelo certificado. Uma língua é ‘um organismo vivo’, que é alterado com frequência. É recomendável a manutenção dos estudos e da prática pra sempre, principalmente se você não tem o idioma inserido no seu dia-a-dia.

E, de acordo com a Cambridge, essa é a quantidade de horas que se espera que o aluno estude. Absorver “a malícia” do idioma pode tomar um pouco mais de tempo, já que muito do que se aprende não está so na sala de aula…

“Não tem aula formal que produza “malícia”num aluno (…) É o dia-a-dia e a intensidade do contato com o idioma que gera isso… Aulas de conversação com professores com vasta experiência internacional ou nativos podem ajudar bastante também ;-)”

Mas tem como acelerar esse prazo?

Tem sim!

  • . Faça mais de 2 aulas por semana;
  • . Altere o idioma dos seus gadgets (computador, celular…) para inglês;
  • . Leia livros, artigos e o que for em inglês;
  • . Assista filmes e séries sempre legendados. Sempre que possível, coloque a legenda em inglês também!
  • . Interaja em inglês com quem puder, fora do ambiente de aula (professores, amigos, fóruns);
  • . Video-game e jogos online em inglês: ensinam e entretêm;

Lembra ” a malícia” do idioma que comentei ali em cima?

Não tem aula formal que produza isso num aluno, já que livros de gramática tendem a não chamar a atenção pra isso… É o dia-a-dia e a intensidade do contato com o idioma que gera isso… Aulas de conversação com professores com vasta experiência internacional ou nativos podem ajudar bastante também 😉